Valve abre a consola Steam Deck para vermos tudo o que tem por dentro


Depois de alguns rumores, finalmente a Valve revelou no passado mês de julho a sua consola portátil Steam Deck. A consola vai chegar em dezembro aos mercados, pelo valor de 419€.

Mas para aqueles utilizadores mais curiosos, que ficam fascinados com todos os pormenores dos equipamentos, a empresa fez agora um vídeo onde desmonta a consola e nos mostra como esta é por dentro.

Valve abre a consola Steam Deck para vermos tudo o que tem por dentro

Veja como é a Steam Deck por dentro

A Valve, dona da plataforma de jogos Steam, publicou um vídeo no seu canal oficial do YouTube onde mostra de forma cuidada e detalhada a abertura da sua consola Steam Deck.

O vídeo mostra passo a passo todo o processo, desde a remoção dos parafusos, passando pelo acesso ao hardware, deixando ainda uma explicação sobre como podem os jogadores realizar a troca de alguns componentes e exibindo ainda a localização dos mesmos no equipamento.

Valve abre a consola Steam Deck para vermos tudo o que tem por dentro

No vídeo é deixado o alerta que a Steam Deck é uma consola delicada e que cada uma das suas peças foi projetada minuciosamente. Como tal não se recomenda de todo que os utilizadores inexperientes realizem esta experiência nem que tentem realizar nenhuma manobra de manutenção do hardware.

Sem conhecimentos suficientes, os utilizadores podem facilmente danificar o equipamento, não sendo depois ativada a garantia por parte da Valve.

Veja o vídeo:

Segundo o especialista da Valve que realiza a abertura da consola:

Mesmo que seja a sua PC - ou será assim que receber a Steam Deck - e tenha todo o direito em abri-la e fazer o que quiser, na Valve realmente não aconselhamos que a abra. A Steam Deck tem um sistema bem projetado, e as peças são escolhidas cuidadosamente para este produto com uma construção específica, portanto não foram projetadas para serem trocadas pelo utilizador.

Valve abre a consola Steam Deck para vermos tudo o que tem por dentro

Por fim, é destacado o SSD. Neste caso é possível retirar este componente, tal como nos mostra o vídeo, contudo o melhor mesmo é não o substituir. Por sua vez, a Valve recomenda usar um microSD para expandir a capacidade de armazenamento. Segundo a empresa, alterar o SSD da Steam Deck pode levar ao esgotamento da bateria da consola, à interferência eletromagnética e ainda a problemas mecânicos.

As primeiras unidades da Steam Deck vão chegar ao mercado a partir do mês de dezembro e as primeiras regiões a recebê-la são os Estados Unidos, Canadá, Europa e Reino Unido. Por sua vez, outras regiões apenas vão poder ter este equipamento em 2022.





LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart