Portugal vai ter mais cabos submarinos internacionais de comunicação


Nas comunicações transoceânicas, grande parte dos dados entre Continentes, passa por cabos submarinos sendo que as ligações por satélite são usadas normalmente num segundo plano, especialmente pela questão da fiabilidade e largura de banda.

Os cabos submarinos têm um impacto até 500 milhões euros para Portugal e há informações que nos próximos três anos o nosso país vai ter mais infraestruturas.

Portugal vai ter mais cabos submarinos internacionais de comunicação

 

Cabos submarinos: Equiano da Google, 2África do Facebook, e Medusa da AFR-IX

O secretário de Estado Adjunto e das Comunicações, Hugo Santos Mendes, disse recentemente que, nos próximos três anos, está prevista a amarração de mais cabos submarinos internacionais em Portugal, e defendeu a necessidade de simplificar os procedimentos.

Segundo o governante...

A seguir ao [cabo submarino] EllaLink, há mais cabos submarinos internacionais a preparar a sua instalação em Portugal, nos próximos três anos: Equiano, da Google, 2África, do Facebook, e Medusa, da AFR-IX

Também estamos muito satisfeitos com os investimentos já assumidos para a instalação de Data Centers em Portugal, principalmente, o maior Data Center da Europa, alimentado por energia renovável, que será construído em Sines nos próximos anos, conhecido por Start Campus

Imagem interior dos cabos submarinos

De acordo com Hugo Santos Mendes, para manter esta tendência de investimentos, o Governo tem “de continuar a melhorar a competitividade” do país na área do digital.

Segundo um relatório, 59% dos cabos submarinos estão nas mãos de empresas privadas, enquanto “apenas” 20% desses cabos são estatais ou geridos pelos governos dos diferentes países. E é justamente esta percentagem que pode mudar nos próximos anos, uma vez que é crescente o interesse dos poderes de controlo e gestão destes cabos.

Há sites na internet que disponibilizam informações sobre latência, instalação dos próprios cabos, informações sobre quais os cabos mais distantes, como por exemplo o “SeaMeWe-3” que liga a Alemanha à Coreia do Sul numa distância de 35.000 Kms - veja aqui.

Leia também...

 





LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart