Poliana Sousa, da Coca-Cola: “Marketing é braço estratégico das empresas” – 25/11/2021


Nesta semana, o UOL Mídia e Marketing publica entrevistas exclusivas com os 3 indicados da categoria “Profissional de Marketing” do Caboré 2021, um dos prêmios mais importantes do mercado publicitário nacional.

A entrevista de hoje (25), é com Poliana Sousa, líder do marketing da Coca-Cola em toda América Latina. Ontem (24), publicamos o papo com João Branco, diretor de marketing do McDonald’s. Na terça (23), foi a vez de Eliana Cassandre, head de marketing do Grupo Petrópolis.

Algumas das principais ações de marketing da Coca-Cola do ano foram a nova receita e nova embalagem da Coca-Cola Sem Açúcar (ex-Coca Zero), o lançamento da plataforma global “A Magia Acontece”, e a apresentação, na semana passada, da campanha de Natal da marca, a “Caravana Iluminada”, que passará por 112 cidades e que ainda contará com doações de cestas básicas para cerca de 80 mil famílias.

Atualmente, trabalham com a marca as agências Wunderman Thompson, David e WMcCann.

UOL Mídia e Marketing: A Coca-Cola é o produto “mais escolhido” no mundo. No Brasil, mais de 80 em cada 100 casas escolhem Coca. Qual o tamanho da responsabilidade de conversar com todos esses consumidores?

poli - Divulgação/Ricardo Pereira - Divulgação/Ricardo Pereira

Poliana Sousa, líder do marketing da Coca-Cola em toda América Latina

Imagem: Divulgação/Ricardo Pereira

Poliana Sousa: A responsabilidade é enorme, já que a Coca-Cola representa milhões de pessoas e são diversos os fatores que mantêm o vínculo com as pessoas ao longo do tempo.

Usamos cada vez mais a tecnologia a nosso favor para manter a proximidade. Temos a missão de surpreender constantemente, antecipar tendências, inovar. Precisamos estar em constante evolução para nos manter alinhados com os desejos do consumidor. Por isso, pensamos em como fazer a diferença buscando estar sempre um passo à frente para atender às demandas das pessoas.

UOL Mídia e Marketing: Inovar é um dos grandes desafios dos profissionais de marketing hoje em dia. Na receita de Coca-Cola, vocês não podem mexer. Qual o foco, então?

Poliana: Vi o papel do marketing evoluir bastante nos meus 23 anos de profissão. Antigamente, éramos os experts na voz do consumidor, mas nós começamos a ocupar um papel muito mais relevante no mundo corporativo.

Hoje, é essencial entender as necessidades e desejos dos consumidores integrando ao meio dos negócios, atuando em conjunto com outras áreas da empresa em busca de melhoria e soluções.

No caso da Coca-Cola, enquanto a gente refresca o mundo e transforma o mundo, a gente tem um papel transformador no negócio, seja pelo uso da tecnologia no marketing, pela inovação ou pela comunicação. Costumo dizer que, além do coração da empresa, o marketing é também o seu braço estratégico.

UOL Mídia e Marketing: Presente e futuro: Qual foi o maior desafio profissional em 2021? E qual a expectativa para a retomada do mundo pós-pandêmico?

Poliana: O último ano foi de diversas transformações para todos. Por conta da pandemia, tivemos que nos reinventar, desenvolver novas habilidades e novas formas de trabalhar e de pensar. E eu também me vejo em uma fase de grandes mudanças na Coca-Cola: com a reestruturação global da empresa, tenho crescido e aprendido muito nos últimos anos.

Foi uma fase desafiadora por tudo isso: não só o que vivemos por conta das mudanças que a pandemia nos impôs, mas também conhecendo nossa nova maneira de trabalhar, em uma nova estrutura aqui na Coca-Cola. Como líder na América Latina de uma das marcas mais icônicas do mundo, eu tenho uma responsabilidade enorme.

Um exemplo recente de grande desafio é que nosso time de marca América Latina está liderando, pela primeira vez, o lançamento da campanha mundial de Natal da Coca-Cola.

Vamos dar continuidade à plataforma A Magia Acontece, conectando a celebração mundial da data aos momentos mágicos das famílias e lembrando que quando estamos juntos, a magia acontece.

Ano de que vem traz muitas expectativas, já que colheremos todo o trabalho de 2021 e poderemos nos reencontrar pessoalmente, o que já faz uma enorme diferença no time como um todo.

UOL Mídia e Marketing: A publicidade tem que ser mais diálogo hoje, menos impositiva. Como será esse diálogo daqui para frente? A verdade se tornou mais importante na publicidade?

Poliana: Sem dúvidas. A sociedade hoje está muito mais atenta e dá muito mais valor a quem tem propósito.

Não basta só falar, fazer uma propaganda bonita e que emociona.

Os valores precisam ser verdadeiros para gerar credibilidade. Além do respeito e da representação do público, a publicidade tem a responsabilidade de defender as causas e mudanças em que a empresa acredita, tendo em vista o consumo em massa de nossos produtos.

A executiva ainda foi a entrevistada do episódio #41 do podcast Mídia e Marketing, publicado em junho de 2020. Ouça a entrevista do ano passado:





LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart