Países de UE ganham com emissões de gases com efeito de estufa


O mundo está aparentemente focado na redução de emissões de gases com efeito de estufa, com o objetivo de proteger a camada de ozono.

Segundo a Comissão Europeia, os países da UE já arrecadaram este ano mais 10,8 mil milhões de euros do que habitual com emissões de gases com efeito de estufa.

Países de UE ganham com emissões de gases com efeito de estufa

 

Efeito de estufa: RCLE é o mercado do carbono da UE para compra de licenças

Os Estados-membros da União Europeia (UE) arrecadaram, até setembro, 10,8 mil milhões de euros em receitas adicionais do regime de comércio de licenças de emissão (RCLE), segundo informou hoje a Comissão Europeia, sugerindo um fundo social com tais verbas.

O RCLE é o mercado do carbono da UE, através do qual as empresas compram ou recebem licenças de emissão que autorizam as empresas a produzir uma quantidade equivalente de emissões de gases com efeito de estufa dentro de determinados limites estabelecidos que diminuirão progressivamente ao longo do tempo.

A subida dos preços ameaça exacerbar a pobreza energética na UE, nomeadamente numa altura em que os cidadãos ainda recuperam da crise da COVID-19 e que poderão ter dificuldades em pagar as suas contas de aquecimento no outono e no inverno.

Países de UE ganham com emissões de gases com efeito de estufa

Em julho passado, aquando da apresentação do pacote climático “Objetivo 55”, o executivo comunitário propôs a criação de um fundo social para a ação climática, através do qual os Estados-membros poderiam apoiar investimentos em eficiência energética, em novos sistemas de aquecimento e arrefecimento e numa mobilidade mais ecológica, revela a Lusa.

Também no âmbito dessas iniciativas para permitir à UE atingir os seus objetivos climáticos, a Comissão Europeia sugeriu na altura uma revisão do RCLE para que as receitas daí provenientes sejam utilizadas pelos Estados-membros para mitigar o impacto da subida dos preços da energia, em particular as suas consequências sociais.

Em dezembro, a Comissão Europeia apresentará um pacote de iniciativas sobre o setor energético.





LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart