“O discurso da meritocracia é muito hipócrita”, diz o jornalista Laurentino Gomes

[ad_1]

O Roda Viva desta segunda-feira (19) recebe o jornalista e escritor Laurentino Gomes, autor da triologia Escravidão.

Em resposta à pergunta de Michael França, pesquisador do INSPER e colunista da Folha de S. Paulo, Laurentino Gomes falou sobre meritocracia, processo histórico com desigualdade social e racial. O escritor afirma que só será um argumento válido quando todos os brasileiros tiverem mínimas condições e igualdade de condição.

“Esse discurso é muito hipócrita. Esse é o argumento favorito pelos brancos privilegiados na hora de combater, por exemplo, a política de cotas preferenciais para negros e afro descentes. A meritocracia é legal se o seu filho tiver todas as condições de começar bem a grande corrida pela vida, com boa educação, boa saúde, boa moradia, todos os benefícios que o Estado assegura a uma parte da população e não a outra. Agora, se o seu filho nasceu em comunidades absolutamente insalubres, abandonadas pelo estado, às vezes, dominada pelo crime organizado, sem educação, sem moradia, sem saúde, sem segurança e que teve que começar a trabalhar muito cedo para ajudar os pais em casa”

O jornalista explica que não existe meritocracia e não tem como existir no Brasil.

Assista ao trecho completo:


Participaram da bancada de entrevistadores Eliana Alves Cruz, escritora, jornalista e roteirista; Michael França, pesquisador do INSPER e colunista da Folha de S. Paulo; Paula Carvalho, historiadora e editora da Revista Quatro Cinco Um; Pedro Doria, editor do Canal Meio e Rosane Borges, jornalista e pesquisadora da ECA-USP.

Assista ao programa íntegra:



[ad_2]

FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Redefinir Senha
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart