Governador do CE promete proteção para padre hostilizado por bolsonaristas – 18/07/2021


O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), classificou como “inaceitáveis” os ataques ao padre Lino Allegri, hostilizado verbalmente no início do mês após criticar o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) — em especial, a condução das políticas de combate à pandemia. Santana também informou ter determinado o envio de policiais para garantir proteção ao clérigo.

“Inaceitável a atitude desses que se dizem cristãos ‘invadirem’ uma igreja para insultar e intimidar um líder religioso. Informo que desde a semana passada determinei ao nosso secretário da Segurança para não só enviar policiais para garantir a integridade do padre Lino, como instaurar inquérito para apurar qualquer tipo de ameaça contra ele”, escreveu o governador em uma rede social.

Não iremos aceitar que atitudes como essa, de ódio e intolerância, fiquem impunes.
Camilo Santana, governador do CE

Em discurso semelhante, o prefeito de Fortaleza, onde o caso aconteceu, também definiu o caso como “inaceitável” e prestou solidariedade ao padre Lino Allegri.

“É inaceitável a hostilização sofrida por padre Lino Allegri, a quem dedico minha solidariedade. Mais um grave episódio de intolerância e uma afronta aos ensinamentos cristãos. Ressalto aqui meu apoio ao governador Camilo Santana, que determinou a investigação para apurar as ameaças. Que os autores sejam devidamente responsabilizados”, pediu.





FONTE ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Redefinir Senha
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart