Embraer vende duas fábricas em Portugal para espanhola Aernnova por US$ 172 milhões


A Embraer Portugal anunciou nesta quarta-feira, 12, que venderá duas fábricas de componentes no país para a espanhola Aernnova Aerospace, SAU. A transação envolve a totalidade da participação societária nas subsidiárias integrais Embraer Portugal Estruturas Metálicas (EEM) e Embraer Portugal Estruturas em Compósitos (EEC), ao preço de US$ 172 milhões, sujeito a ajustes. A expectativa é que o negócio seja concluído no primeiro trimestre deste ano, após o cumprimento de determinadas condições.

“A companhia informa que, após o fechamento da transação, a Aernnova assumirá a operação das plantas industriais da EEM e da EEC e assegurará o nível de produção de tais componentes para o portfólio de aeronaves Embraer”, diz o fato relevante. A empresa explica que a transação se insere no plano de otimização de ativos, para “maximizar o uso de unidades e melhorar a rentabilidade.”

A EEM e a EEC fornecem determinados componentes utilizados na fabricação de aeronaves da Embraer e da Embraer Executive Aircraft.

Aumento na receita

O segmento de aviação comercial da Embraer registrou receita líquida de R$ 1,27 bilhão no terceiro trimestre de 2021. O número representa um avanço de 33% na comparação anual devido. O motivo do crescimento foi o maior número de entregas, assim como uma melhor mistura dessas entregas, principalmente da aeronave E195-E2.



LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart