“É algo grande para um só”


Michael Masi foi alvo de muitas críticas ao longo de 2021

Michael Masi foi alvo de muitas críticas ao longo de 2021

Foto: Reprodução/Sky Sports / Grande Prêmio

CAIU MICHAEL MASI. E AGORA, HAMILTON CORRE NA F1 2022?

Uma notícia movimentou os bastidores da Fórmula 1 ao longo desta semana, com a Federação Internacional de Automobilismo (FIA) retirando o nome de Michael Masi do organograma para a temporada 2022, dando a entender que o dirigente não será mais diretor de provas da categoria a partir deste ano.

A polêmica decisão do último campeonato, em Abu Dhabi, teria sido o estopim para essa mudança, ainda mais com um ultimato dado pela Mercedes, revelado pelas emissoras britânicas BBC e Sky Sports. Mesmo assim, algumas pessoas entendem que tirar Masi não é a solução para todos os problemas, como aponta o ex-piloto e comentaris Martin Brundle.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

Michael Masi esteve no centro da polêmica sobre o GP de Abu Dhabi (Foto: FIA)

“Se FIA e F1 quiserem a permanência do Michael Masi, e se ele quiser continuar, claramente tem uma vida de sobra. Logo, não sei se irreversível. Mas quem você colocaria em seu lugar? Cuidado com o que deseja, é o que digo”, afirmou Brundle à emissora Sky Sports.

“O que sei com certeza é que trocar Michael Masi não vai solucionar o problema. Esse é um trabalho muito grande para uma só pessoa cuidar em uma temporada de 23 corridas. Antigamente, com 16 ou 18, tínhamos Charlie [Whiting] e Herbie [Blash]. O Charlie dava a largada e o Herbie era efetivamente o diretor de provas até a chegada do colega na cabine”, lembrou o ex-piloto.

Brundle ainda fez questão de detalhar a experiência dos antigos dirigentes na F1. “Eles tinham tudo sob controle, mas agora tudo cresce demais, então o Masi precisaria de muito apoio em torno dele e acredito que estão buscando isso no momento”, opinou.

Segundo comunicado no órgão máximo do automobilismo, uma investigação foi aberta para estudar as decisões tomadas no GP de Abu Dhabi. Além disso, está marcada uma conversa com as equipes que, em reunião da semana que vem, discutirá os procedimentos de safety-car. Depois disso, pilotos serão ouvidos. Os resultados finais e decisões sobre o processo saem uma semana antes da abertura da temporada 2022, no Bahrein.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.



LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart