cães-robô já estão a ser equipados com armas


Um dos mais perturbadores episódios de Black Mirror que assisti foi o “Cabeça de metal”. É o segundo episódio da quinta temporada da série, que se passa todo a preto e branco, e onde criaturas robóticas que fazem lembrar um cão estão programadas para matar tudo o que mexe.

Esta realidade afinal não está assim tão distante e já existem robôs quadrúpedes a serem equipados com armar por uma empresa norte-americana.

cães-robô já estão a ser equipados com armas

 

Os robôs quadrúpedes, que nos remetem para cães-robô, tiveram uma grande evolução nos últimos anos e o seu desenvolvimento recebeu particular atenção pelas suas qualidades. São pequenos, ágeis e capazes de atravessar ambientes mais hostis, onde os carros não conseguem chegar ou até para os humanos é difícil cruzar.

Robô quadrúpede equipado com arma

Já os vimos associados ao ambiente militar, mas agora é dado um passo além. O robô Vision 60 da Ghost Robotics foi equipado com uma arma personalizada pela SWORD Internacional. Esta máquina foi dada a conhecer na conferência anual da Associação do Exército dos Estados Unidos que decorreu por estes dias em Washington DC.

Esta arma apelidada de SPUR - special purpose unmanned rifle - foi projetada para ser instalada numa variedade de plataformas robóticas. Inclui tecnologias como zoom ótico de 30x, câmara térmica para ver no escuro e um alcance efetivo de 1.200 metros.

O futuro é agora

A SWORD refere no seu site que o SPUR é o futuro das armas não tripuladas... e que "esse futuro é agora"!

Não se sabe quando é que este conjunto de robô armado estará disponível para começar a equipar os exércitos, no entanto, perante esta afirmação, parece que não tardará para que a sua venda se inicie.

The SWORD Defense Systems SPUR is the future of unmanned weapon systems, and that future is now.

Do que já se sabe, os robôs da Ghost Robotics já estão a acompanhar os militares dos Estados Unidos. Aliás, no ano passado, o esquadrão 324 das Forças de Segurança na Base Aérea de Tyndall, na Florida, foi a primeira unidade no Departamento de Defesa a usar robôs quadrúpedes em operações regulares. São essencialmente usados para patrulhar o perímetro da base em áreas onde não chegam humanos ou veículos.

cães-robô já estão a ser equipados com armas

Esta é a atualmente a função destes robôs, no entanto, as suas características permitem explorar outras áreas que estão já a ser testadas. Os robôs poderão ser usados como torres de móveis celulares, para desmatelar bombas ou até detetar substâncias químicas, biológicas, radiológicas e nucleares (CBRN). Não que nunca tivessemos pensado nisso, mas agora a realidade pode ir mais além, e estes rôbos poderão mesmo ser usados como armas. É algo que, aliás, já vemos em drones militares há alguns anos.

A Boston Dynamics, por exemplo, sendo uma das mais relevantes fabricantes de robôs, já assumiu a sua posição forte contra a inclusão de armas nos seus quadrúpedes Spot.

Há muitas questões éticas que se levantam quando vemos estas máquinas a serem criadas, principalmente a sua "pontaria" contra humanos. As leis norte-americanas nada referem contra o desenvolvimento de robôs "assassinos" e claramente que será uma tendência para os próximos anos a nível militar.





LINK ORIGINAL DA MATÉRIA

Teremos o maior prazer em ouvir seus pensamentos

Deixe uma Comentário

Classificados D - Site de Anúncios Classificados Grátis
Logo
Comparar itens
  • Total (0)
Comparar
0
Shopping cart